5 Técnicas de Vendas eficientes para você vender mais

Encontrar as técnicas de vendas que mais combinam com sua solução e seu cliente nem sempre é fácil.

Afinal, o que funciona melhor com seu público-alvo e de acordo com a atividade que exerce?

Se uma única estratégia para vender mais fosse eficaz em qualquer cenário, não existiriam técnicas de vendas de serviços, técnicas de vendas para varejo, técnicas de vendas por telefone e por aí vai.

Faz sentido focar nas suas especificidades, portanto.

E não é difícil de entender a razão para isso.

O processo de tomada de decisão de compras está constantemente mudando, principalmente, após a popularização da internet e dos smartphones.

Isso exige reavaliar continuamente a estratégia, de modo a atender à demanda de consumidores cada vez mais informados e exigentes.

O ideal é encontrar o equilíbrio perfeito entre ser persuasivo sem parecer invasivo.

Ser atrativo, não repulsivo.

Despertar atenção, não desinteresse ou indiferença.

Para tanto, seu desafio começa na elaboração de um planejamento detalhado.

E frente às inúmeras técnicas de vendas que vemos por aí, você tem que lembrar que, ao tentar fazer uma venda, o cliente precisa vir sempre em primeiro lugar.

Assim, com foco total nele, confira a seguir 5 técnicas de vendas que podem ser eficientes no seu negócio.

Boa leitura!

1. Conheça seu público-alvo

Nem precisaríamos dizer, mas não custa repetir.
Cada consumidor tem necessidades e desejos diferentes.
É o que leva um a escolher determinada marca, seus produtos ou serviços e não outra.

Então, seu primeiro desafio é bem claro.

Se você tiver conhecimento de quem é sua audiência, poderá identificar prontamente suas necessidades e ajudar seu público a encontrar soluções para seus problemas.

Cada empresa tem um perfil cliente ideal a segmentar, prospectar, trabalhar e adquirir.

Características como idade, nível de renda, estado civil, nível educacional, localidade, hobbies e interesses fazem parte da avaliação.

Elas ajudam as empresas a identificar o perfil da sua buyer persona e, a partir daí, alinhar suas técnicas de vendas a fim de convencer o cliente a fechar a compra.

2. Ajude o cliente a entender o que ele precisa

É um erro estratégico acreditar que todo cliente chega até você com uma necessidade de consumo clara.

Às vezes, nem mesmo ele sabe do que precisa.

Talvez a descoberta só aconteça no primeiro contato com a sua empresa.

Também há situações nas quais a própria técnica de abordagem, na forma como a solução é apresentada ao cliente, desperte nele o interesse e sirva para identificar sua necessidade.

Seja como for, a equipe de vendas deve estar preparada para informar, esclarecer e tirar dúvidas, o que significa entender os seguintes elementos:

  • Características: atributos tangíveis e intangíveis do produto
  • Vantagens: diferenciais do produto
  • Benefícios: como as características e as vantagens do produto resolvem o problema do cliente.

Perceba que o conhecimento da solução que oferece torna mais fácil a tarefa de mostrar ao cliente a utilidade dela.

3. Foque no benefício

Durante o início do processo de vendas, é natural que o cliente em potencial não entenda bem os benefícios daquilo que você está vendendo.

É uma fase bastante sensível, na qual você corre o risco de ter seu produto ou serviço classificado como apenas mais um.

Se esse é o rumo que a negociação adquire, o erro é seu, não do cliente.

Ele só vai entender o valor da solução para sua necessidade se você deixar suas vantagens bastante claras.

Veja, então, como uma técnica leva à outra.

Conforme identifica aquilo que o cliente realmente precisa, fica mais fácil se posicionar como a resposta ideal.

A partir daí, o desafio será convencê-lo disso.

Mostre o valor daquilo que oferece.

4. Conheça seu produto

Você precisa saber o que está vendendo.

Por mais óbvio que pareça, é justamente aí que boas oportunidades de venda se perdem.

Não há a menor chance de mostrar que você tem a solução ideal para uma necessidade específica se não domina aquilo que ela tem a oferecer.

Você pode aplicar qualquer uma das melhores técnicas de vendas e, mesmo assim, vai perder o cliente na sua primeira objeção.

Conhecer o produto significa estar preparado para responder qualquer pergunta sobre ele.

É o que garante o atendimento à dica anterior, ou seja, identificar e focar nos seus reais benefícios.

Teste o produto ou serviço, faça perguntas ao seu gerente sobre um determinado item, leia o material publicitário, se informe.

O importante é se familiarizar com a sua solução.

5. Tenha um preço competitivo

O preço desempenha um papel importante na tomada de decisão de muitos clientes ao realizarem uma compra.

É assim especialmente no mercado B2C, voltado ao consumidor final – mas não apenas nele.

Ainda que seu cliente dê grande valor à qualidade da solução, é fundamental que parte de sua estratégia inclua a técnica dos preços competitivos.

Isso não significa que você tenha que estipular preços inferiores ou iguais aos de seus concorrentes, já que ele deve ser condizente com aquilo que oferece.

Porém, conhecer o preço dos produtos ou serviços da concorrência ajuda a ter noção sobre quanto cobrar pelo sua própria solução.

Caso opte por cobrar um preço mais alto que o da concorrência, tenha a certeza de que consegue atender plenamente às expectativas dos clientes.

Também garanta que possa comunicar e justificar através de valor agregado por que eles estão pagando mais pelo que você oferece.

Ou seja, os benefícios são tantos que até o custo relativamente maior compensa.

Eles podem incluir garantia estendida ou vitalícia, seu nível de especialização no segmento ou até mesmo a qualidade de suas soluções, por exemplo.

Baixe mais 10 Técnicas de vendas eficientes
e aumente suas vendas consideravelmente.

About Equipe Create7
Equipe geradora de conteúdo create7
In Socials:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

3 × 5 =